IC16.10 – Projeção de safra – Soja – outubro 2016


 

PROJEÇÃO DE SAFRA 2016/17

No 3º acompanhamento da safra 2016/17, a Céleres® aponta um crescimento de área de 2,6% em relação à temporada passada, alcançando 33,9 milhões ha em 2016/17.
Apesar do cenário baixista das cotações externas e da valorização do Real observada desde o início do ano, a safra 2016/17 ainda deve manter-se rentável, porém, em níveis menores que em anos anteriores.
Isso, aliado à restrição e ao alto custo de crédito no país, deverá limitar a variação de área em 2016/17 ao menor nível desta década.
Considerando a produtividade média das lavouras brasileiras em 3,0 t/ha, a produção de soja chegará a 102,9 milhões t em 2016/17, aumento de 5,3% em relação à temporada passada.

ANÁLISE OFERTA E DEMANDA MERCOSUL

A Céleres® projetou o quadro produtivo no Mercosul em 2016/17 (Figura 5). Diante da pressão das cotações externas, a área destinada à soja deverá crescer 1 milhão ha, 1,5% em relação a 2015/16. A maior parte deste avanço será da safra brasileira, sendo que a Argentina, segundo maior produtor de soja da região, deve manter a área plantada em torno de 20,4 milhões ha em 2016/17.
O cenário produtivo na Argentina é atrapalhado pela maior competitividade do milho, pelo quadro internacional baixista da oleaginosa e pelos prejuízos deixados pela seca da última safra.
Ainda assim, a possível recuperação das produtividades na região sugere um incremento de 5% na produção em relação à safra passada, chegando a 176 milhões t em 2016/17. Deste modo, os estoques finais no Mercosul deverão alcançar 9,7 milhões t, 4% maior que na última temporada.
Com a forte produção nos EUA e a expectativa de recuperação produtiva na América do Sul, a safra 2016/17 deverá ter estoques ainda maiores que os observados nas últimas temporadas, mantendo o quadro produtivo bastante confortável, mesmo com a forte demanda internacional.
Portanto, desde que não haja perdas produtivas na América do Sul em 2016/17, o nosso entendimento para o mercado de médio e longo prazo se mantém de neutro a baixista, pressionado pelos fortes excedentes globais.

 

Além das informações e dados contidos nesse informativo, a Céleres dispõe de um robusto banco de dados, contendo as principais informações do agronegócio detalhadas por estados e regiões, tais como preços diários de commodities agrícolas desde 1998, balanço de oferta e demanda mensal dos principais mercados agrícolas no Brasil, desde a safra 1996/97, acompanhamento semanal da evolução de safra de milho e soja desde a safra 2000/01 e muito mais.
Caso precise de informações mais detalhadas, entre em contato conosco que teremos o maior prazer em lhe atender.

 

 

Copyright © Céleres 2016 Todos os direitos reservados.
Toda a informação contida neste documento é de propriedade intelectual da
© Céleres – your agribusiness intelligence


DEPARTAMENTO DE PESQUISA

 

Cecília Fialho
cfialho@celeres.com.br
Enilson Nogueira
enogueira@celeres.com.br
Erickson Oliveira
eoliveira@celeres.com.br
Giovanna Dias
gdias@celeres.com.br
Jorge Attie
jattie@celeres.com.br
Juliano Cunha
jcunha@celeres.com.br
Vinícius Paiva
vpaiva@celeres.com.br

EDITOR CHEFE

Anderson Galvão
agalvao@celeres.com.br

logo-celeres-sem-slogan
your agribusiness intelligence

Av. Nicomedes Alves dos Santos, 1205 | Sala 208 Uberlândia, Minas Gerais – 38.411-106



Copyright © Céleres 2016 Todos os direitos reservados.
Toda a informação contida neste documento é de propriedade intelectual da © Céleres – your agribusiness intelligence